Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019

BUSCA AVANÇADA

Localize o conteúdo desejado no Portal da Transparência.

Última Atualização do site:  

10/10/2019 17:37:37

Contador de Visitas

contador free
ÚLTIMAS NOTÍCIAS / Agricultura
Estado prorroga prazo da comprovação da vacinação contra febre aftosa
Quarta-feira, 29 de maio de 2013
 
 

A Agência de Defesa Agropecuaria do Paraná (Adapar), órgão vinculado à Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, informa que foi prorrogado o prazo para os pecuaristas comprovarem a vacinação do rebanho bovino e bubalino contra febre aftosa. O prazo agora vai até o dia 04 de junho, terça-feira da próxima semana. A prorrogação visa compensar o produtor pelos dias em que ele encontrará as Unidades Locais de Sanidade Agropecuária (ULSA) fechadas em função do feriado de Corpus Christi, comemorado dia 30 de maio, e do recesso do serviço público, dia 31, sexta-feira.

A prorrogação para comprovação, porém, não amplia o período da campanha de vacinação. Sexta-feira, dia 31 de maio, continua sendo o último dia para o produtor adquirir e vacinar seus animais.

ÚLTIMOS DIAS - Segundo levantamento parcial da Adapar, proprietários de cerca de 70% do rebanho bovino e bubalino do Estado, até 24 meses, já apresentaram comprovação da vacinação de seus animais. A tendência é aumentar o volume de comprovação nesse final de campanha, porque os produtores costumam entregar o comprovante nos últimos dias e é necessário um tempo hábil para digitalizar todas as informações necessárias, explicou o fiscal de Defesa Agropecuária (FDA) médico veterinário Walter Ribeirete.

Ribeirete lembra ao produtor que ele deve se apresentar numa das 132 Unidades Locais de Sanidade Agropecuária do Estado para comprovar que realmente vacinou o rebanho, que nessa campanha atinge os animais até os 24 meses de idade. Estima-se que 4,4 milhões de cabeças estejam nessa faixa etária. Os produtores que quiserem também poderão fazer a comprovação no novo sistema on-line no endereço eletrônico (www.adapar.pr.gov.br)

O Paraná não registra focos suspeitos de febre aftosa desde 2005. O diretor-presidente da Adapar, Inácio Afonso Kroetz, reforça a importância de manter a vigilância e não descuidar da vacinação, que garante a sanidade dos rebanhos. O Paraná é considerado área livre de febre aftosa com vacinação desde o ano 2000. A manutenção desse status e o alcance de novas conquistas dependem, entre outras medidas, de altos índices de vacinação nas campanhas de maio e novembro.

Segundo a Adapar, a próxima etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa será realizada em novembro, no período de 1º a 31, quando todos os animais (de todas as idades) deverão ser vacinados.

Fonte: Agência de Notícias do Pr

 
 
 Outras Notícias
VER TODAS
 

Horário de Atendimento: das 07:30h às 11:30h e das 13h às 17h

PREFEITURA MUNICIPAL DE MIRADOR

Avenida Guaíra,153 - Centro

Cep: 87840-000 - MIRADOR - Paraná

CNPJ: 75.475.442/0001-93

44 3434.8000

sic@mirador.pr.gov.br